Pós-ciclos – Manter ganhos


Dicas sobre como manter os ganhos no pós-ciclo

Mantendo ganhos

Algumas dicas para o usuário moderado quando estiver saindo de um ciclo e segurar a nova estrutura muscular adquirida.

Essas dicas são para o usuário moderado e não com a dose mais elevada ou usuário a longo prazo de EAA, estes métodos básicos irão ajudar a manter um grau de musculosidade, enquanto no período off. Se todos os procedimentos são realizados durante o ciclo você gostaria de maximizar os ganhos e será conquistado novo tecido muscular, então você precisa se concentrar no período off e pôr-se em uma posição ideal para manter seus novos ganhos uma vez que o ciclo é interrompido.

Uma das áreas de foco é o HPTA (hipotálamo-hipófise-testículo), recuperando o HPTA é vital para manter os ganhos, normalmente em um ciclo de 10 semanas padrão quase que certamente irá causar a supressão completa, apesar de todas as estratégias que poderíamos empreender. É por isso que ciclos mais curtos estão se tornando cada vez mais populares, porque com este tipo de ciclos há uma chance significativa de que você vai ter a função testicular rapidamente ou logo após o término do ciclo.

Uma vez interrompido o ciclo, que devemos preservar os nossos ganhos, e se as medidas não foram tomadas durante o ciclo agora temos de tomar algumas medidas para reduzir o estrogênio ligado ao hipotálamo. Clomid é a escolha preferida nesta área, mas inibidores de aromastaze também serão tão eficazes, ou melhor, os dois aliados. A única maneira de recuperar totalmente o seu HPTA é sair completamente do ciclo, com este dia e época será composta da TPC para recuperação, o trabalho será fácil. Problemas podem ocorrer se você permanecer no ciclo muito tempo ou continuar a tomar medicamentos de baixa supressão fazendo ponte entre ciclos, tudo isso terá um efeito sobre a sua HPTA e saúde em longo prazo do mesmo.

Nutrição – é outra área que temos de nos concentrar para ajudar a manter os novos ganhos que, após um ciclo os níveis de andrógeno estarão inferiores ao normal, mesmo com as estratégias acima. Temos de maximizar os hormônios anabólicos, tanto quanto possível, enquanto o nosso sistema está se recuperando. Excessos têm sido demonstrados em vários estudos para maximizar esses fatores. São necessárias mais calorias para manutenção e para promover os níveis de andrógeno, algum ganho de gordura irá ocorrer, mas isso vai manter quase que totalmente o músculo encontrado a partir do novo ciclo. Como a testosterona retorna ao normal e a recuperação para manutenção é baseada sobre as calorias, estas podem ser reduzidos dependendo de seus objetivos. Nunca inicie uma dieta na fase de recuperação.

Treino – Se você tem realizado um treinamento intenso durante o período on, você pode ajudar a manter os novos ganhos com uma ligeira alteração no seu treino. Em alguns casos, os ganhos ainda mais foram vistos na parte de recuperação do ciclo, isto ocorre normalmente em ciclos curtos e com treinamento muito intenso. Se você implementar mais dias de descanso e tiver certeza que seu CNS esta totalmente recuperado os novos ganhos poderão ser vistos. Mantenha as sessões de treino em cerca de 30 minutos e incorpore mais dias de descanso entre os treinos. Longos treinamentos resultam em quedas dos níveis de testosterona e aumento do cortisol, por isso não façam treinamentos longos, não importa o quão forte ou rápido você pode sentir. Treinos curtos e rápidos vão ajudar com recuperação sem esforço adicional em seu sistema.

Ainda assim concentrar-se nos movimentos básicos pesados, como no treinamento HIT, também ter mais atenção na parte excêntrica do movimento, porque isso gera a maioria dos danos da fibra muscular, depois do aquecimento de cerca de 2 séries por grupo muscular com dropsets, que deve ser composto por repetições excêntricas e começar com um máximo de 90% de carga, em seguida, 80% de carga, certificando-se de executar com 5-6 segundos a parcela excêntrica das repetições em todos os dropsets. Existem muitas outras formas de treinamento para ajudar a recuperação, mas este método tem grandes vantagens, tornando o treino mais curto e o músculo a ser atingido de uma maneira diferente.Ganhos adicionais podem ser obtidos se for feito um planejamento cuidadoso de suas sessões de treinamento.

Suplementos – É difícil aconselhar que suplementos irão ajudar e trabalhar para você na recuperação e manutenção. Por isso eu não vá para muito nesta seção. Claramente uma proteína em pó de qualidade e uma boa creatina no período off ajudarão drasticamente, e também níveis elevados de BCAA’s e glutamina todas irão ajudar na recuperação. A experiência também vai ajudar a escolher quais outros suplementos podem ajudar de acordo com o seu corpo.

Quanto mais experiente você se torna, mais avançados serão os procedimentos a serem realizados.

Por Marcus300, MuscularDevelopment.com Fóruns
Fonte: AAS: Tips on keeping gains
Tradução e adaptação: Tijolo