Categoria: Carnitina
 
 

Ingerida antes do treino, a L-carnitina assegura


  • Aumento nos níveis de desempenho de exercício sub-máximo.

  • Aumento na potência aeróbica máxima.

  • Promove o armazenamento de glicogênio no fígado e músculo durante exercício de alta intensidade e prolongado.

  • Melhora o uso de glicose em exercício anaeróbio.

  • Aumenta a produção de energia em corredores velocistas.

  • Aumenta o VO2 máximo até 6-11%

  • Reduz a produção de ácido lático (cãibras).

  • A L-carnitina assegura uma redução drástica na dor muscular.

  • Reduz os radicais de amônia produzidos depois de exercício intenso. Reduzindo a produção de amônia, aumenta a capacidade de desintoxicação.

  • Aumenta o desempenho dos músculos, particularmente em indivíduos que não treinam.

  • Há uma tendência reduzida para sofrer micro-lesões e infecções (estimula o sistema imune). São ou em fases de intenso treinamento.

  • Reduz os tempos de recuperação.

  • Aumenta a vitalidade.

  • Reduz a freqüência cardíaca durante o exercício.

  • Reduz a liberação de enzimas de estresse.

  • Evita a perda de L-carnitina típica de esportes de resistência.

  • Intensifica os efeitos do treinamento muscular (não só aumenta a força dos músculos, mas também a definição e o crescimento).

  • Aumenta a circulação respiração da mesma maneira como melhora a oxigenação dos músculos.

  • Aumenta a meia-vida das células sangüíneas vermelhas.

  • Ajuda a prevenir o miocardite típica de atletas.

  • Melhora a função do diafragma e a respiração abdominal.